Suspeitos de homicídio e tráfico de drogas são presos no Vale do Mamanguape

De acordo com o delegado Leonardo Souto Maior, os presos pertencem a uma organização criminosa

janeiro 10, 2017
182 Visualizações

As Polícias Civil e Militar da 7ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), com sede em Mamanguape, realizaram, na manhã desta terça-feira (10), uma ação de enfrentamento ao tráfico de drogas na cidade de Itapororoca. O trabalho, denominado Operação Avalanche, teve a participação de policiais da delegacia municipal, Grupo Tático Especial (GTE) e Núcleo de Homicídios e ainda de policiais militares da 2ª Companhia Independente de Mamanguape, e resultou na prisão de um homem suspeito de homicídio, além de três pessoas e na apreensão de um adolescente com drogas e arma de fogo.

De acordo com o delegado Leonardo Souto Maior, os presos pertencem a uma organização criminosa que vem travando uma disputa pelos pontos de tráfico na cidade, o que resultou em vários homicídios nos últimos três meses na região.  “Um dos presos apresentou nome falso, sendo, todavia, identificado como Michel Virgínio Francisco dos Santos, foragido da Comarca da Capital, onde responde por homicídio contra um policial militar, ocorrido em 2010”, explicou a autoridade policial.

Foram autuados em flagrante por associação, tráfico de entorpecentes e porte ilegal de armas: Michel Virgínio Francisco dos Santos, Maria Luana de Lurdes Gomes dá Silva, Maria Carla Barbosa dá Silva, além de apreendido um menor.

Com os investigados foram encontrados: um revólver calibre .38, com cinco munições intactas, 53 embrulhos com maconha, 80 pedras de crack, balança de precisão e uma moto.

Secom-PB

Comente esta matéria

Você também pode gostar

Mari: ex-prefeito deixa dívida de quase R$ 200 mil com a Energisa; veja
Política
0 shares45 views
Política
0 shares45 views

Mari: ex-prefeito deixa dívida de quase R$ 200 mil com a Energisa; veja

Jota Alves - jan 18, 2017

O ex-prefeito do município de Mari, na zona da mata paraibana, deixou um debito de R$ 174.687 (cento e setenta…

Ao vivo, apresentador da Record chama cantora Ludmilla de “macaca”
Notícias
0 shares62 views
Notícias
0 shares62 views

Ao vivo, apresentador da Record chama cantora Ludmilla de “macaca”

Jota Alves - jan 18, 2017

Em maio de 2016, Ludmilla denunciou um agressor que a atacava nas redes sociais

Polêmica: gay recusa convite para retornar ao EJC e diz que vai “voltar a minha vida normal”
Notícias
0 shares331 views
Notícias
0 shares331 views

Polêmica: gay recusa convite para retornar ao EJC e diz que vai “voltar a minha vida normal”

Jota Alves - jan 18, 2017

A postagem do rapaz teve grande repercussão com muitos compartilhamentos e comentários